sábado, 28 de junho de 2008

Bom fim de semana


.
TRANSFORMAÇÃO



Aquele olho enorme
Lá no alto a perguntar
O que é que eu fiz de mim
Até agora.
Onde escondi a tristeza
Que me atacava,
Onde aprendi o sim
Que digo agora,
De hora a hora,
Onde enterrei a pressão
Que me abafava,
Onde descobri a alegria
Que me enche todo por dentro,
Onde encontrei este brilho no olhar,
Pleno de satisfação.
E eu tento responder,
Arranjar as melhores desculpas,
Inventar as melhores razões,
Dizer que sim e que não,
Quando afinal tenho a certeza
Tão certa como estar aqui,
Que esta transformação
É só
De gostar de ti…


92.07.31

6 comentários:

Fa menor disse...

Ler estes poemas de fim de semana enche o coração!

O Amor transforma... Se muitos experimentassem o seu poder, como o mundo seria bem melhor!

lusitano disse...

É verdade Fa!

obrigado pelas tuas palavras

Tiago R Cardoso disse...

Muito bem.

quinttarantino disse...

Habemus poeta!

(E amanhã, apresentação do glorioso!)

lusitano disse...

Tiago, obrigado!

lusitano disse...

Quinttarantino

Em latim e tudo...obrigado!