quinta-feira, 13 de março de 2008

Esta é que me "lixou"!!!

Vitalino Canas faz balanço de três anos de governação
PS diz que objectivos do partido e do Governo foram alcançados

12.03.2008 - 11h16 Lusa

Vitalino Canas falava aos jornalistas no final de uma reunião da Comissão Política do PS, realizada ontem à noite na sede nacional do partido, para fazer o balanço dos três anos de governação socialista.
Questionado sobre se a Comissão Política falou também daquilo que correu mal, Vitalino Canas admitiu que não. "Quando se fazem balanços é, certamente, para realçar aquilo que se fez bem. E, foram tantas as coisas que fizemos bem, que não temos de perder tempo com o que fizermos mal".

Retirado do Publico

.
Eu devo ser “muita burro”!
Então não é que eu pensava que quando se fazia um balanço de qualquer actividade se analisava o que tinha sido feito de bom, para continuar e fazer melhor ainda, mas também e sobretudo, se analisava o que tinha sido feito de mau, para corrigir e fazer bem!
Mas afinal não!
Parece que apenas devemos perder tempo com o que se fez de bom e ficarmos muito contentes com isso, e nunca perder tempo com o que se fez de mau, porque não há necessidade de emendar nada, mas sim esquecer depressa o que se passou!
Fantástico, não é?

6 comentários:

quintarantino disse...

Meu caro amigo, é por essas e por outras que andamos os dois atrasados.
Vai-se a ver e os gajos é que estão certos!
Eu também penso como o amigo, mas ... pelos vistos ...

lusitano disse...

quintarantino

Estamos sempre a aprender, nem que seja o que não se deve fazer...

Abraço

Tiago R. Cardoso disse...

É a reunião foi antes do jantar ou depois ?

Pelo que se tem visto os digestivos fazem muito mal a alguns.

Carol disse...

Ah, não sabia? Lá está. Há que aplicar a tese d' O Segredo (aquele livro de que vos falei no Notas, há uns tempos)!
Só devemos falar do bom. O que queremos de bom, o que vamos fazer de bom.
Falar do mau e do mal atrai cenas maradas. Não vale a pena arriscar! ;)

lusitano disse...

É, Tiago, os aperitivos ás vezes destrancam a língua ou para a asneira, ou para as verdades...

lusitano disse...

Pois é Carol, modernices...