terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Assim não vamos lá!!!


.
Constâncio está entre os banqueiros mais bem pagos

Vale uma remuneração anual de perto de 250 mil euros por ano

Portugal Diário


Compreende-se agora porque é que o homem não tem controlado como deve ser a actividade bancária em Portugal.

Está desmotivado!

Como é possivel que num país rico como o nosso, o Governador do Banco de Portugal não ser o mais bem pago de todos os banqueiros?

Não só fica desmotivado quando se compara aos seus congéneres em todo o mundo, como se sente fragilizado, inferiorizado, em relação aos banqueiros privados, que ganham muito mais do que ele!

Assim não vamos lá!

É preciso uma campanha para repôr o poder de compra do "pobre" Governador do Banco de Portugal, sob pena de sermos olhados como uns "pobretanas"!

7 comentários:

Ferreira-Pinto disse...

Bem feitas as contas, pois o ano tem os doze meses de calendário mais o de férias e o de Natal não dá mais que 18.000,00€ por mês.

bem vistas as coisas, isso para fatos Armani, sapatos Prada, jantares no Bica do Sapato e tal ... não dá ... ops, enganei-me, afinal, é do Constâncio que escreves.

Mesmo assim, não chega!
Mas eu por metade disso, não me importava de dar uma perninha mas para fazer o mesmo que ele!

Tiago R Cardoso disse...

é lá 250000 pratas, muito bem.

Não admira a forma como ele se agarra à cadeira.

Peter disse...

Rsrsrs, estou a lembrar-me do Paulo Portas a dizer que o homem ia empurrando a crise com a barriga.

Ferreira-Pinto disse...

Olha, arranjaste-a bonita ... á o homem está disponível para baixar o vencimento e já fala em recessão técnica ... tu sabes é a cantiga toda ... desestabilizas o homem a ver se vais a Governador!

Por falar nisso, depois da posse, se houver vaga para um Vice, tenho um currículo jeitoso :)

lusitano disse...

Ó Ferreira Pinto eu até talvez fizesse por menos de metade, tendo em vista a reforma!!!

Bem descpbriste-me a careca, salvo seja.

Mas se me apoiares eu não me esquecerei de ti, porque tenho em vista umas investigações que poderão levar a ter que nacionalizar mais uns bancos e depois aí haverá uns lugares para distribuir.

Claro que isto é ficção!!!

Abraço

lusitano disse...

Ó Tiago, por aquilo que ele diz de não lhe competir baixar o seu próprio ordenado, coitado, é a cadeira que está agarrada a ele!!!

Abraço

lusitano disse...

Peter, eu cá a mim dá-me a impressão é que ele contribue para a crise ... com a barriga!!!