quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Somos mesmo mal agradecidos!!!


Nós os Portugueses, somos mesmo uns “gajos” mal agradecidos!

Andamos sempre a queixarmo-nos de que estamos atrasados em relação aos outros, que não temos as coisas que os outros têm, que o desenvolvimento é muito maior lá fora, e sei lá mais o quê…

Pois agora que o governo tem feito um esforço para, não fazendo nada, trazer cá para dentro uma criminalidade ao nível dos outros países, é um chorrilho de queixas, de protestos, porque isto está perigoso, porque assim não dá, etc, etc.

Que caraças, agora que estamos a atingir o nível dos outros países, pelo menos numa coisa, devíamos agradecer ao governo e a todos quantos se empenham, ou melhor, não se empenham, para nos darem a alegria de em alguma coisa ombrearmos com os outros países mais desenvolvidos.

Mas não, apenas sabemos criticar, protestar e dizer mal de nós próprios!

Até já se diz para aí que este tipo de crimes não pode ser feito por portugueses!

Que não temos competência para tal, nem os equipamentos exigíveis a tal criminalidade!

Lá estamos nós com a mesma coisa de sempre:
O que vem de lá de fora é que é bom!

Deixemos trabalhar quem trabalha para colocar este país na senda do progresso, no mesmo ritmo de desenvolvimento dos outros, e deixemo-nos de queixas e protestos!

Saibamos apreciar o enorme esforço feito para, pelo menos num assunto, sermos iguais aos outros!

7 comentários:

Carol disse...

Não concordo, de todo, com a ideia de que agora é que há criminalidade violenta. EM Espinho, já se assaltam ourivesarias de G3 em punho há uns anos valentes! Ela aumentou, de facto, mas será que foi só agora?

joshua disse...

Lusitano, tudo se desactiva em Agosto, em Agosto a guarda baixa e tudo é possível. Nem políticos, nem cidadãos, nem polícias nem nada: tudo faz férias de uma maneira ou outra. É a altura de atacar. Por cá é assim.

PALAVROSSAVRVS REX

Ferreira-Pintto disse...

A par de uma maior visibilidade de algum tipo de crimes, associados à crise económica que por aí se vive, pergunto-me se a falta de valores e de civismo de muita gente nãoontribui também e muito para que as coisas assim estejam?

Repare-se que hoje tanto se dá um tiro numa pessoa por dá cá aquela palha, como a seguir se vai ao quiosque comprar o jornal.

Tenho ainda para mim que mais que culpar o Governo, deveríamos exigir que as forças da ordem e os actores judiciais agissem em conformidade.

O novo Código do Processo Penal não pode ser escapatória para tudo ou desculpa para decisões absurdas.

E a Comunicação Social também não está isenta de críticas.
No dia em que anunciaram com grande estrondo que uma estação de correios em Setúbal também havia sido assaltado, ocultaram convenientemente que era para aí o quarto assalto.
Já vi coisas similares, noutros tempos e com outros ministros.

lusitano disse...

Vai aumentando Carol, vai aumentando, porque o terreno é fértil para isso...

lusitano disse...

Bem Joshua, não está tudo de férias...

Os assaltantes, como bem dizes, estão no auge do seu período de trabalho!

lusitano disse...

Ferreira-Pintto

Realmente uma das razões que leva a este aumento da criminalidade é com certeza o desprezo pela vida humana, mas que vai sendo patenteado em tantas leis supostamente modernas, mas que de uma maneira geral "desvalorizam" a vida.

A educação dada aos jovens em vez de ajudar, parace-me fazer exactamente o contrário.

É a politica do safa-te a ti e os outros que se lixem.

E com certeza, a comunicação social, não ajuda nada!

Veja-se que recentemente até ao Brasil foram entrevistar a familia dos assaltantes do BES!!!

Palavras para quê?

Ferreira-Pintto disse...

Meu caro, nem de propósito, lá no meu canto tenho uma pequena nota de rodapé sobre jornais.