quarta-feira, 30 de julho de 2008

Um pouco de coragem, precisa-se!


Pequim 2008: China vai censurar Internet utilizada pelos media estrangeiros

A China vai censurar a Internet utilizada pelos media estrangeiros durante os Jogos Olímpicos de Pequim, indicou hoje um responsável do comité de organização, recuando numa promessa de garantir liberdade total aos media durante o evento.

No Publico



De um modo geral, os jornalistas são muito rápidos a noticiar e a indignarem-se com as faltas de liberdade, sobretudo ao exercício da sua profissão.
O que eu acho muito bem, diga-se de passagem, desde que realmente haja razões verdadeiras para isso.
Ora este caso relatado não oferece margem para dúvidas, pois é um responsável do comité da organização dos Jogos Olímpicos que o confirma.
Então o que estão à espera os jornalistas, todos os jornalistas, para se indignarem e tomarem a única atitude correcta:
Fazerem saber à organização dos Jogos Olímpicos que se não lhes derem liberdade de acesso ao seu trabalho, mormente o acesso à internet, não colocarão “os pés” em Pequim, e eles que fiquem a falar sozinhos!

5 comentários:

Tiago R Cardoso disse...

sou a favor do boicote de todos, atletas, jornalistas, etc.

Existem coisas mais importantes que uns jogos olímpicos, como os direitos e a vida humana.

Carol disse...

Condeno mais quem lhes entregou a organização dos Jogos, do que a própria China. Afinal, convenhamos, eles estão, apenas, a ser coerentes.

Não seríamos nós (mundo ocidental) mais hipócritas se aceitássemos que, durante os Jogos, os jornalistas tivessem acesso livre à internet?! Quer dizer, enquanto lá estivéssemos havia democracia e, depois, mandava-se a liberdade e os direitos humanos à fava?!

Carol disse...

De férias no Poetiz@er, mas em funções no Cont(R)a Corrente.

lusitano disse...

Caro Tiago

De acordo, claro!

lusitano disse...

Carol

Também de acordo e assinando por baixo!

Também estou meio de férias, mas vou lá espreitar...