sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Só mais uma, só mais uma!!!

Governo adia construção de auto-estradas
Governo diz que os custos destes projectos será mais elevado do que o previsto


A maioria dos concursos para as novas concessões rodoviárias só vai ser fechada no próximo ano. A crise de crédito que originou as dificuldades de financiamento dos projectos está a dar lugar a sucessivos adiamentos, pedidos pelas concessionárias que não conseguem garantir os elevados montantes necessários junto da banca, revela o «Jornal de Negócios»

No Portugal Diário

__________________
Calculem bem que o governo diz que
«os custos destes projectos será mais elevado do que o previsto» !

Isto é que é uma surpresa, hem?

Para além disso eu pensava que iam adiar a construção das auto-estradas por
falta de espaço para as ditas cujas em Portugal!

Assim precisariam de tempo para alugar ou comprar uns terrenos em Espanha e aí continuarem a construção das auto-estradas, que é sem margem para dúvidas, o
desígnio último das realizações dos governos portugueses.

Assim como uma coisa do tipo:
«Enquanto houver um português sem uma auto-estrada para chegar à sua casa, nós governos portugueses de todos os partidos, comprometemo-nos a não parar de as construir»!!!

8 comentários:

António de Almeida disse...

-E o TGV? É alguma vaca sagrada? Esse é que deveria ser adiado sine die, não se percebe como poderão os custos de construção serem financiados por privados na actual conjectura, excepto se contarem com o aval do estado.

lusitano disse...

Caro António de Almeida

Tem toda a razão!

Já agora e continuando o tom humoristico, poder-se-ia pensar que eles tinham adiado as auto-estradas para arranjarem espaço para passar o TGV!!!

Abraço

Peter disse...

Auto-estradas e barragens, barragens, auto-estradas e campos de futebol para os borregos pastarem. Auto-estradas sem carros e barragens sem água. Porque é que o meu pai não foi "pato bravo"?

Tiago R Cardoso disse...

não acredito em projectos megalómanos, mas acredito que o estado no seu papel de mola do investimento, não deva para se não que investiria na economia ?

Os privados?

Ferreira-Pinto disse...

ISto é que vai por aqui um regabofe!

lusitano disse...

Amigo Peter

Segundo sei e me dizem o "ganho/lucro" não está no fazer mas na manutenção.

Compreendes-me?!!!

Abraço

lusitano disse...

Amigo Tiago

Com certeza que o estado deve investir, mas naquilo que é verdadeiramente necessário e não em transformar este cantinho numa rede de autoestradas que não deixam espaço para mais nada.

E quando chegar o tempo de pagarmos sozinhos a manutenção de tudo isto?

Abraço.

lusitano disse...

Amigo Ferreira-Pinto

Não vai ser, já é...pelo menos para alguns...

Abraço